TSH alto = fraqueza e outras mazelas

     O novo protocolo de quimioterapia além de ter provocado o efeito colateral da síndrome pés e mãos ainda descompensou a absorção dos hormônios da tireóide e meu TSH foi para as alturas. No dia 31 de maio comecei a tomar uma dose mais alta do syntroid e na próxima semana farei novos exames para saber se está tudo bem. A medicação com a nova dosagem leva alguns dias para fazer efeito, então o jeito é aguardar alguns dias para me sentir bem novamente.
     Estou ficando expert neste assunto e agora já consigo identificar quando os hormônios estão ficando descompensados.  Ainda bem, pois assim não passo por todo o transtorno causados pelo hipertiroidismo ou do hipoteroidismo como aconteceu no anos passado.
     Esta semana já estou me sentindo muito melhor e com energia. Ufa! Que alívio, pois a fraqueza e a falta de energia com o descontrole hormonal deixa a pessoa com a sensação de que não consegue segurar sequer a escova de dentes. É muito ruim.
     O bom de estar atenta ao funcionamento do próprio corpo e não demorar para tomar providências é conseguir se recuperar rapidinho. Detesto me sentir doente ou ter cara de quem está com o pé na cova. Quem olha para mim jura que sou a pessoa mais saudável do planeta. Melhor assim. Não gosto nem um pouco daquele olhar de piedade que algumas pessoas dispensam para aquelas pessoas que estão doentes. 
6 Responses
  1. Anônimo Says:

    Oi Lou
    Que bom ter boas notícias suas.
    Não somos doentes, somos guerreiras!
    Como moro no Rio pego muito sol. O sol nos dá um ar saudável. É muito sofrido ser motivo de pena.
    E a casa nova? Mamãe, focinhos e biquinhos, mais acostumados?
    Beijos. Bia


  2. Anônimo Says:

    Fico feliz por estar melhor! Beijos Natalia


  3. Lou Says:

    Bia e Natália, obrigada pela torcida.
    É muito ruim ser motivo de pena. Detesto.
    Qto a casa nova estou curtindo as novidades e me sentindo com mais autonomia. Agora posso fazer sozinha as coisas que preciso. Qto a minha mãe e os bichinhos... estão se adaptando. Fico até com pena qdo vejo a Mingau olhando o jardim pela janela. Ela adorava passar o dia dormindo entre as plantas. A Haseena está bem adaptada. Devagar tudo vai se acomodando.
    bjs carinhosos para vocês. Lou


  4. Anônimo Says:

    Oi Lou! Descobri seu blog semana passada e só agora consegui ler (quase) tudo e entender sua história. Minha mãe tem uma história muito parecida! Teve CA de mama em 2005 e agora em 2014 descobriu metástases oósseas e nos pulmões.
    Quero dizer que é muito importante ter um exemplo como vc, fiquei emocionada com sua força e alto astral, parabéns!
    Minha mãe agora está fazendo quimio endovenosa de 21 em 21 dias e usando xeloda. Peço suas orações e e energias positivas pra ela, que é tão positiva quanto vc.
    Deus te abençoe
    Ana Paula


  5. Lou Says:

    Olá Ana Paula.
    Pode contar com minhas orações e energias positivas para sua mãe.
    Ser positiva ajuda muito.
    Um abraço carinhoso da Lou


  6. Oi Lou,
    Sentindo falta de noticias, mas sempre em oração por vc e por minha mãe q tb está lutando.
    Beijos e abraços fortalecedores!
    Alessandra


Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. bjs Lou