Ouvindo a conversa alheia

Finalmente saí daquele entorpecimento que degenera os sentidos e nos afasta da razão. A serenidade voltou na medida que os efeitos colaterais deram uma trégua.

Para compensar minha última postagem, dura e amarga, hoje resolvi escrever amenidades inspirada na escultura abaixo, que parece estar sempre xeretando a conversa alheia.

Nydia, the Blind flower Girl of Pompeei
(Metropolitan Museum - NYC)

Durante anos permaneceu
Presa no bloco de pedra
Até que um artista habilidoso a libertou
Do mármore branco.
Longos cachos ondulados caem displicentes
Sobre o ombro delicado
Pés descalços, seio desnudo
E uma túnica ondulante cobrindo seu corpo.
Permanece estática em seu pedestal
Não se mexe, não esboça nenhum ruído
Sua única diversão é manter
O ouvido atento a todo tipo de conversa.
4 Responses
  1. Lara Amaral Says:

    hehe, que legal, tia, estátua e texto ficaram muito bons juntos =).

    Que bom que vc teve uma trégua dos efeitos.

    Beijo.


  2. caverna Says:

    Tia, ficou muitoooo legal o texto. Ficou tão suave de ler e ao mesmo tempo prendendo a atenção do início ao fim. Sabe o que eu achei legal no seu texto e que eu não tinha parado para pensar antes? Quando um artista vai fazer uma escultura ele pega um bloco maciço de mármore por exemplo e vai martelando e dando forma ao mármore de acordo com a concepção dele, mas a forma com que você colocou no texto dá uma idéia de que na verdade a escultura já está pronta e presa dentro do mármore maciço, como se aquilo que é já estivesse destinado a ser e estivesse só esperando um artista para libertá-la. Isso ficou realmente muito bonito! Gostei muito do texto e fico feliz que os efeitos colaterais tenham se acalmado um pouco. Espero que fique melhor tia e continue escrevendo, seus textos são muito bons de ler!

    Um beijo do Rafa!


  3. Issia Montes Says:

    uma trégua sempre é bem vinda...


  4. Amiga fiquei feliz ao saber de sua melhora e acredite com a ajuda de DEUS será disso para melhor. Beijosssssssss.


Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. bjs Lou