Tentando

Desapareci
Fiquei ausente por alguns dias
Inquieta, irritada, assustada...
Escrevi muito, apaguei tudo
Não queria ser amarga nem irônica.
Como disse Rilke: é melhor não se deixar dominar pela ironia
Sobretudo em momentos estéreis.
Estou me sentindo num desses momentos
Meu corpo dá sinais que não sei interpretar
Será fantasia da minha mente assustada
Ou sinal de problema em curso?
Preciso aguardar um pouco mais
E seja lá como for, digerir qualquer notícia
Arregaçar as mangas e seguir em frente.
Desesperar ou ficar infeliz não muda o curso da vida
Então, plagiando Rilke, vou tentar ser como a árvore que não apressa sua seiva
E enfrenta tranquila as tempestades da primavera,
Sem medo de que depois dela não venha nenhum verão.
O verão há de vir.
Mas virá só para os paciente, que aguardam
num grande silêncio intrépido,
Como se diante deles estivesse a eternidade.
A paciência é tudo.
1 Response
  1. Lara Amaral Says:

    Verdade, tia. Espero que não seja nada demais.

    Estou voltando hoje. Amanhã chego aí, se Deus quiser.

    Beijo grande.


Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. bjs Lou