Falso Sequestro

Não dormi bem essa noite e amanheci o dia cansada. A Bárbara saiu para o trabalho e eu estava de saída para minha consulta médica quando o telefone tocou. Voltei do portão e atendi a ligação, era a voz de uma mulher chorando desesperada ao telefone. Quando questionei o que estava acontecendo a pessoa ainda chorando disse-me: "é sua filha". Pensei se tratar de um acidente envolvendo minha filha que acabara de sair para o trabalho. Como a pessoa chorava muito não consegui entender o que ela falava e passei o telefone para minha irmã. Nesse momento um homem pegou o telefone e disse que minha filha fora sequestrada, estava sob a mira do seu revólver e que eu teria que depositar a quantia de R$ 15.000,00 ou ele a mataria.
Foi um momento de muita tensão. Tentei falar com a Bárbara no celular, mas ela não atendeu. Em seguida liguei para uma amiga que tentou me acalmar dizendo que não fizesse nada e que a ligação era um golpe. Eu estava muito nervosa.
Enquanto minha irmã tentava negociar com o bandido no telefone fixo minha filha acabou ligando no celular dizendo que estava em segurança, trabalhando no escritório. Foi um alívio. Minha irmã, quando se deu conta do golpe, xingou muito o bandido do outro lado da linha e desligou o telefone.
Passado o susto fui conferir no bina o número do telefone do bandido. Era um celular do Rio de Janeiro, certamente furtado.
Estávamos no banco quando o celular, exibindo uma ligação sem identificação, tocou às 12:15h. Era o bandido novamente tentando extorquir algum dinheiro dizendo ter sequestrado minha filha. Para intimidar ele coloca uma pessoa chorando ao telefone enquanto informa que irá atirar na cabeça da vítima se não for atendido. Como eu sabia que minha filha estava em segurança no escritório falei para o bandido que poderia fazer o que bem entendesse, que poderia atirar e matar quem quer que estivesse em seu poder e desliguei o telefone.
É muito fácil reagir dessa forma quando sabemos que nossos filhos estão em segurança, mas enquanto não temos essa certeza é aterrador. Ficamos em pânico e nos sentindo impotentes. Essa é uma experiência que não desejo para ninguém.
Infelizmente estamos a mercê de bandidos de toda natureza. Nas ruas ou nas prisões e até mesmo no nosso Congresso os bandidos estão cada vez mais ousados, cruéis e sem escrúpulos. Estão cada dia mais frios e insensíveis, mais gananciosos. Estão se sentindo protegidos pela impunidade.
Penso com tristeza que não é cadeia o lugar certo para bandido. É abaixo de sete palmos...
2 Responses
  1. tbm sou mto fria qto a isso, lugar de bandido é morto... Realmente deveriamos ter PENA DE MORTE nesse páis de merda mas infelizmente n está em nossas mãos aplicá-la!


    Eu me assustei qod a tia Suzi contou, fico pesando como esse povo consegue todos os telefones da gente... E da medo q saibam tanto de nossas vidas e fikem a espreita...

    Que bom q nada pior aconteceu, se mexerem com a pekena eu viro bicho ¬¬


  2. Ana Paula Says:

    Jesus!
    Isso já aconteceu com minha sogra, e bem no dia que os infelizes ligaram dizendo que tinha sequestrado minha cunhada, ela estava viajando e minha sogra não consguia falar com ela de jeito nenhum, quase que ela depositou o dinheiro, mas nesse caso em créditos no celular...
    e 1 semana depois voltarma ligar, mas minha sogra já sabia do "truque" e desligou na hora!
    Só mesmo Jesus pra nos proteger!


Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. bjs Lou