Viajando nas lembranças de antigas viagens - Rhodes e Lindos


     O amanhecer ensolarado no Mar Egeu recebeu o Navio Triton no porto de Mandraki na Ilha de Rodes, a maior das ilhas do Dodecaneso.
Dodecaneso é um grupo de doze ilhas que ficam situadas a leste do Mar Egeu, próximo da costa da Turquia.  A cidade medieval de Rodes ou Rhodes, tanto faz, é a capital do Dodecaneso.  Hoje ela também ostenta o título de Patrimônio Histórico da Humanidade. A ilha é famosa desde a antiguidade  porque era lá que ficava uma das Sete Maravilhas do mundo antigo: o Colosso de Rhodes.
O Colosso de Rodes era uma enorme estátua oca, feita em ferro e bronze, representando o deus do sol Hélio. Ela ficava na entrada do porto de Mandraki, o que obrigava os barcos que chegavam a passar entre suas pernas.  A estátua, que media cerca de 33 metros de altura, ficava em pé sobre duas colunas altas e segurava uma tocha, que servia de farol,  na mão direita que ficava erguida.
O Colosso de Rodes demorou 12 anos para ser construído, mas foi derrubado por um terremoto uns sessenta anos depois de concluído. No lugar da estátua, na entrada do porto, foi colocado dois pequenos cervos sobre duas colunas. Eles são os símbolos da ilha.
Para quem gosta de curiosidades e de mitologia como eu gosto é bom saber que o nome da ilha tem a seguinte origem: Poseidon, ainda bebê, foi deixado por Reia aos cuidados dos telchines, primeiros habitantes da ilha, e de Capheira, filha de Oceano.  Poseidon cresceu e se apaixonou por Hália;  eles tiveram seis filhos e uma filha chamada Rode, que deu nome à ilha.
Depois de passear em Rhodes  fomos conhecer Lindos, Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade,  que fica a apenas 50 quilômetros da capital, na costa Leste. O nome, sem sombra de dúvida, faz juz ao lugar. Lindos é muito linda mesmo.  Do alto da acrópole, construída em homenagem a deusa Atenas,  a vista é fantática por todos os lados que se olhe. O Templo, sem sombra de dúvida, foi um importante centro religioso na antiguidade. Lá embaixo a ilha é rodeada pelas típicas casinhas brancas da região.
A subida  até o alto da colina onde fica a acrópole é íngreme, mas pode ser  feita também  com a ajuda dos burricos mansos que ficam aguardando pacientemente um turista mais preguiçoso e cansado. Logo no início da subida o guia chamou nossa atenção e mostrou o relevo de um trirreme rodiano, um navio de guerra esculpido na pedra, em seguida nosso grupo subiu a pé a longa escadaria de acesso.
A Acrópole de Lindos é uma cidadela natural que foi fortificada sucessivamente por diferentes civilizações, por isto a diversidade de estilos arquitetônicos num mesmo lugar.  As muralhas que cercam o local são do século XIII e foram construídas pelos Cavaleiros da Ordem de Malta.  Além deles o local foi conquistado pelos gregos, romanos, bizantinos , e os otomanos em diferentes épocas. 
      No final da tarde, com o sol ainda brilhando no céu azul, voltamos para o navio. Nosso próximo destino era Creta e eu não via a hora de desembarcar naquela ilha cheia de histórias, de palácios, heróis e monstros...
2 Responses
  1. Oi querida
    Achei seu blog procurando efeitos colaterais do xeloda no google
    Gostaria de ter informações,pois minha irma esta no terceiro ciclo e tá com efeitos colaterais terríveis iguais aos seus.Gostaria de saber que se quando VC diminuiu os sete comprimidos para cinco,os efeitos ficaram suportáveis e deram para VC terminar o tratamento ?Agradeço desde já e se puder me dar mais dicas para ajudá la ...estamos sofrendo muito !Se quiser me responder por email,é o rachelgondim@hotmail.com.Fi cv o no aguardo!


  2. Anônimo Says:

    Mama, estou viajando com vc... definitivamente! Tudo tão lindo.
    Tenha a impressão que não passaria por baixo do Colosso de Rodes... não me admira que ele tenha caído, mesmo q por um terremoto e não puramente a gravidade. rs Mas tudo mto bonito!


Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. bjs Lou