Um giro em Paris (11 out 2017)

     Acordamos tarde e como já havia encerrado o horário do café da manhã no hotel saímos para comer numa boulangerie, que ficava bem pertinho do Sena. Lanchamos sem pressa, apreciando a paisagem e saboreando as delícias das padarias francesas.
      Enquanto caminhávamos nas margens do rio percebemos um movimento anormal de policiais na rua e muitas viaturas. Achamos mais prudente nos distanciarmos daquele movimento todo, afinal não fazíamos a menor ideia do que poderia estar acontecendo.
     Voltamos para o hotel e assim que chegamos na recepção a Raquel veio nos informar toda animada que minha filha já estava hospedada, mas que saíra com o marido para almoçar. A Raquel é uma das recepcionistas do hotel e é uma simpatia de pessoa, muito atenciosa com todos os hóspedes. Só para dar um pequeno exemplo: a Helena comentou com ela que eu não estava passando muito bem e, na mesma hora, ela mandou levar uma bandeja com chá para que eu pudesse me sentir um pouco melhor. A gentileza dela conquistou todas nós, derretendo nossos corações.
     Subimos para o quarto para descansar um pouco e, quando estávamos saindo para almoçar, ainda no corredor, dei de cara com a Bárbara vindo ao meu encontro com um enorme sorriso no rosto. Acho que congelei e, como em câmera lenta, caminhamos ao encontro uma da outra e nos abraçamos emocionadas. Chorei de emoção. Um misto de alegria, saudades, surpresa... Eram mais de oito meses de saudades acumuladas e foi bom demais poder tocá-la, sentir seu cheiro, olhar dentro dos seus olhos e sentir a explosão de amor tomar conta de nós duas. Como é bom amar e se sentir amada.
     Depois de curtir um pouco a emoção do reencontro saímos todos para almoçar, afinal estávamos famintas. A Bárbara e o Henrique nos acompanharam ao restaurante para tomar um vinho enquanto almoçávamos. Comemos sem pressa, papeando e matando as saudades, brindando aquele reencontro e curtindo antecipadamente a viagem que faríamos juntos para a Bretanha no dia seguinte.
2 Responses
  1. Essa viagem foi linda! Primeiro que foi com a mamãe, aí não tem erro. Em segundo lugar, a Bretanha é realmente uma região linda! Adorei conhecer vários cantinhos e cidadezinhas com você, mama!


  2. Lou Says:

    Juntar você e a Bretanha só podia resultar na viagem incrível que fizemos.
    Amo você Bárbara
    bjs da Ma


Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. bjs Lou